terça-feira, fevereiro 12, 2008

Crocodilos amados

Toda mulher quer ser desejada
quer ser amada e querida
quer aparecer nua
louca, descarada e desinibida.

Mesmo mulher, menina ou senhora
isso não se ensina na escola
é algo que nasce que cresce e que brota
na pele, no corpo e na alma
como o diabo gosta.

Eu sou menina, lolita e safada
quem dera você tivesse gana,
garras e uma força tirana,
mas eu continuo cigana.
Quem dera eu fosse domada.

Marina Ráz.

2 comentários:

Ivan Santos disse...

Fruta para descascar com as unhas

Boaz ben Av disse...

Apaixonante, tema feminino sem perder o charme. Pra mim charme é tudo.
Elegante poema.